domingo, 20 de maio de 2012

Pajem de quatro patas

Reprodução da internet: Amarelo de Ouro
Hellen Leite
Existem pessoas tão apaixonadas por cachorros que vão além da simples relação dono-animal. Essa afinidade não é tão recente assim. Há algum tempo esses bichinhos passaram de simples animais domésticos para membros da família. Algumas noivas fazem tanta questão de ter os peludos na cerimônia que inovam até na hora de escolher o pajem e a daminha. Nesses casos quem leva as alianças até o altar é peludo e tem quatro patas. 
Inspire-se nas noivinhas que fizeram questão de levar o animal de estimação para o casamento!
Se a noiva não quer abrir mão da presença do melhor amigo na cerimônia, é essencial pensar no bem estar do bichinho. Segundo o veterinário Rodrigo Verdade é imprescindível conhecer bem cachorro antes de dar uma tarefa tão importante pra ele. O próprio Rodrigo conta que pensou em usar um de seus cães no próprio casamento, mas desistiu por causa do temperamento agitado dos cachorros. 
Aqui vão algumas dicas do veterinário e do CorreioWeb para garantir que nada dê errado durante a cerimônia.
1. Só leve o cãozinho para a cerimônia se ele for acostumado com pessoas e lugares movimentados. Pense duas vezes antes se ele for muito agitado ou nervoso. 
2. Se a cerimônia for na igreja, converse antes com o responsável por celebrar o casamento. Pode ser que não seja permitida a entrada de animais no ambiente.
Reprodução da internet
3. Treine o seu bichinho. Ele pode se assustar com o ambiente. É recomendável levar ele várias vezes ao local do casamento. 
4. Antes da cerimônia leve várias vezes o seu cachorro para passear. E certifique-se que ele está com as necessidades fisiológicas em dia.
5. Tente colocar a roupinha mais confortável possível no seu cão. Se ele não for acostumado a usar roupas vá acostumando ele aos poucos até o cachorro assimilar a ideia de estar vestido. 
6. Evite os flashs dos fotógrafos. Pode estressar o cachorro.
7. Deixe sempre alguém responsável pelo cão, para que ele não atrapalhe os convidados nem apronte nenhuma travessura. 
8. Deixe sempre água acessível ao seu cachorro, para que ele não fique desidratado. 
 

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Como aquecer cães e gatos no inverno Mesmo tendo um "cobertor" natural, cães e gatos podem adoecer no inverno - saiba como evitar isso

Cachorro dormindo
Os bichos também merecem alguns cuidados para ficarem aquecidos no inverno
Foto: Dreamstime

Quando a temperatura cai, assim como nós, os bichos também sentem as consequências. Veja como aquecer seu cãozinho ou gatinho no inverno
Cafofo protegido
Seu bicho de estimação fica no quintal? Então, providencie uma casinha do tamanho dele (se a grana estiver curta, vale usar bacias ou caixas de papelão). Instale-a longe do vento e da chuva. E não se esqueça de forrar o chão com jornal ou papelão.
Cama quentinha
Para aquecer bichos que vivem dentro de casa, separe um cobertor usado. Para filhotes órfãos, encha uma garrafa plástica com água morna, tampe bem e enrole-a num pano quente. Troque a água sempre que esfriar.
Roupas apropriadas
Cachorros magros, velhinhos ou de pelo curto precisam de roupinhas, sim. Se eles sentirem calor, tente peças feitas de um tecido mais leve. Já os gatinhos têm menos dificuldade para enfrentar as temperaturas mais baixas - e os felinos não curtem a moda do bicho vestido!
Menos banho
No frio, a imunidade baixa quando o pelo fica molhado, principalmente em bebês e vovôs. Por isso, diminua a frequência dos banhos. Quando a chuveirada for inevitável, escolha o período mais quente do dia, use água morna e seque com cuidado. Para evitar choques térmicos, deixe o bicho longe da friagem por 20 minutos.
Brincadeiras extras
Faça seu pet correr atrás de bolinhas ou caçar ratinhos. Animais que não se exercitam sentem mais frio.
Mais ração
É natural que o apetite dos peludos aumente no inverno, pois o metabolismo acelera para manter a temperatura do corpo. Só não adianta exagerar na quantidade de comida, porque obesidade também traz problemas.

Doe um cobertor

Enquanto seu bicho está dormindo quentinho, muitos animais adoecem e chegam a morrer de frio. Cuidados por pessoas de grande coração, mas sem grana, eles vivem em abrigos, cemitérios e até em casinhas na rua.
Com o objetivo de aquecer esses peludos, a ONG Adote um Gatinho criou a Campanha do Agasalho para Cães e Gatos, que já arrecadou mais de 2,5 mil camas, cobertores e roupinhas.
Você pode colaborar doando qualquer paninho que seu pet não use mais ou comprando um novo, baratinho. Basta entregar em um dos 29 postos conveniados: http://abr.io/campanhadoagasalho.
Quem mora fora de São Paulo pode procurar uma organização não governamental próxima de sua residência.

domingo, 13 de maio de 2012

Para aquecer seu cãozinho: Sweater

Meninas, o inverno está chegando e quem tem cachorro em casa começa a procurar peças de roupa que ajudem a aquecê-los nesses dias mais frios, né! E claro que tem que ser um modelito caprichado, estiloso e diferente! Que tal um pouco de inspiração para escolher os próximos itens do closet dos nossos pets?
Embora alguns cãezinhos não tolerem muito essas roupinhas fofas (sempre tem os rebeldes), acho que a maioria já cresce acostumado a estar com alguma peça, seja um lenço, um enfeite ou mesmo essas roupinhas!
Uma das peças que é curinga no inverno é o Sweater! Já são tudo de bom para a gente, confortáveis, fofinhos e bem quentinhos, imaginem para eles… É bom escolher tecidos que sejam flexíveis e bem macios, pois eles não curtem sentir que tem algo “prendendo” ou “pinicando”, já que passam o dia brincando e correndo pela casa ou pátio. Então, vamos de sweater hoje!?
Encontrei esses modelinhos pela internet, olhem só que coisinhas mais meigas:

Tem sweater  de soft e de tricô manual e à maquina, além de muitos outros! E o que são os brinquedinhos que acompanham algumas peças, alguns vão num bolsinho que fica no dorso!?
Amei todos esses modelitos, agora só falta encontrar uma tia ou avó bem prendada e pedir pra tentar fazer igual! Ou correr para algum pet shop da cidade em busca de algo parecido!
Acho que são mais que perfeitos, são muito delicadinhos, lindos, a gente olha as peças e sente aquela sensação de aconchego, né, perfeito nos dias friozinhos! Lógico que os cãezinhos que cresceram acostumados a estarem vestidos irão adorar!!!
O que me dizem, meninas, gostaram também dos modelitos? Seus cãezinhos curtem uma roupinha no inverno, ou não param com nada que vocês tentam vestir?

terça-feira, 8 de maio de 2012

Peludinhos na moda




Sabe aquelas mães que gostam de vestir as filhas com roupas iguaizinhas às delas, em versão menor? Pois é. Você não precisa ter um bebê para fazer isso. Basta um cachorrinho ou uma cadelinha, como a Rocky, a fofura que você vê nestas fotos. Sua dona, dona do blog Luxirare e fã de peças da Adidas, queria mimar a peluda com um look da marca. Ela rodou lojas e vasculhou a internet, mas não encontrou nada para pets. Então, arregaçou as mangas e adaptou um conjunto infantil, criando um look estiloso e sob medida.
“Cães precisam ter a área de trás aberta para você sabe o quê. As mangas e a parte do corpo precisaram ser completamente recortadas e costuradas. Levou o mesmo tempo que eu demoraria para fazer uma nova peça de roupa”, explicou a dona do blog. Para completar o visual hip-hop de Rocky, ela criou também quatro sapatinhos e uma coleira, tudo em preto e branco, com o logo e as famosas listras da marca esportiva. Apesar de todo o trabalho, achei uma graça. E vocês?


domingo, 6 de maio de 2012

Crescimento do mercado de pet shop torma fabrica de roupas para cães e gatos uma boa opção para empreender


cachorro-com-roupa-de-inverno.jpgNos últimos dez anos foram criados inúmeros produtos e serviços que aproximam o mercado de animais de estimação do mercado para seres humanos.  E não é para menos. Estima-se que haja no Brasil cerca de 32 milhões de cães e 16 milhões de gatos de estimação. O curioso é que o  aquecimento no consumo originário das pessoas que migraram da classe D para a classe C, também está se refletindo no segmento dos animais de estimação, quando cerca de 900 mil cães e gatos acompanharam a ascensão social das pessoas e passaram a consumir mais e melhor.
Entre as atividades que aparecem com destaque no mundo pet estão as  fábricas de roupas para cães e gatos que oferecem  uma variedade ampla de itens  para serem exploradas como  coleções de inverno e verão, roupas para festas, peças dos times de futebol, pantufas, coleiras, calcinhas higiênicas, laços e gravatas, além de guias, camas e colchonetes para os bichanos.
Para os empreendedores que desejam investir numa fábrica de roupas para cães e gatos as expectativas são positivas, porque o mercado deve continuar crescendo. Há quem diga que muita gente deixa de comprar uma roupa nova para si, para investir numa nova peça para o seu cãozinho.
A estrutura desse tipo de negócio é bastante simples, composta basicamente por um show room para exposição dos diversos itens colocados à venda, balcão para atendimento dos pedidos e caixa, área para acesso e circulação de clientes, estoque, área de produção, além de um pequeno escritório para administração.
Já o investimento  previsto pelos consultores do Sebrae é de cerca de R$ 75 mil, considerando que a fábrica será montada em imóvel alugado. Neste valor também está incluída uma parte para capital de giro.
Por último, para que o empreendedor  torne seu negócio  mais competitivo, ele deve dimensionar o conjunto de serviços que serão agregados. Ou seja, avaliar o custo-benefício desses serviços é vital para a sobrevivência do negócio.

Moda para pets

Quem diz que nossos bichos não precisam de glamour. Nada melhor do que usar em nossos amores roupinhas lindas e confortáveis, não é mesmo? Ainda mais agora que as temperaturas começam a cair e não podemos deixa-los passar frio.
A Woof Pet Design,  comandada por Luis e Rodrigo Guido desde 2009, desenvolveu looks para o mercado pet nacional, com influências da moda e do design, pode ser encontrada nas principais lojas e pontos de vendas deste segmento em todo o Brasil.
Todos os meses, eles lançam opções exclusivas de bolsas para transporte, camas, roupas, coleiras, placas de identificação, comedouros e acessórios para todo o universo pet.
E eles não ficam por aí! Além disso, a marca também confecciona acessórios para os donos, sempre com os bichanos como tema. São ecobags, almofadas, nécessaires, chaveiros, pesos de porta e vários outros artigos de decoração.
Confira agora alguns looks:
Moda para pets
Moda para pets
Moda para petsModa para petsModa para petsModa para pets

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Grifes femininas investem no mercado pet


Bolsa tem um ossinho como destaque e o cachorrinho passei com muito estilo
O mercado pet brasileiro movimentou R$ 11 bilhões em 2011, segundo dados da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos para Animais de Estimação (Anfalpet). Impulsionadas por essa realidade, grifes renomadas de moda feminina lançam coleções exclusivas de bolsas e acessórios com estampas de cães e gatos.
A marca de bolsas e acessórios femininos Be Forever lançou há pouco mais de 5 anos a linha “Sweet” que fabrica produtos com estampas de animais de estimação. “A linha representa hoje mais de 50% das nossas vendas. O nosso objetivo é satisfazer os desejos das consumidoras. Observamos a paixão das brasileiras pelos bichinhos de estimação, que muitas vezes são tratados como filhos”, disse Quetini Linck, gerente de produto da marca.
A grife Jorge Bischoff, marca de sapatos, bolsas e acessórios, internacionalmente conhecida, lançou recentemente a coleção “Petit Amour”, com guias, coleiras, peiteiras e bolsas de viagem que levam cores e materiais idênticos aos dos produtos Jorge Bischoff já conhecidos pelas clientes da marca.
Os produtos são encontrados formato de ossinho, coração ou patinha em metais personalizados. “A linha foi lançada há 6 meses e é um sucesso. Os clientes veem comprar sapatos e quando veem os produtos para pets levam também”, disse a gerente da loja de Uberlândia, Gisele Amaral.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Acessórios Fashion para Cães e Gatos

Meninas, olhem só que coisa mais querida esses acessórios para pets. Coleiras, lacinhos, pingentes e tudo mais pra deixar nossos amados cãezinhos e gatinhos mais lindos ainda!
É tudo de bom quando eles voltam do Pet Shop bem arrumadinhos, perfumados e ainda por cima com algum acessório fashion, né… Ou até em casa, antes de sair para um passeio no bairro, nós mesmas podemos arrumá-los… Eu acho um charme só!
Nossa, é um mais mimoso que o outro… a florzinha de tecido, os lacinhos com strass e esse brinquedinho em forma de bolsa Louis Vuitton, vocês viram? Já imagino a Belinha experimentando cada um deles! E fazendo sucesso pelas ruas, uma verdadeira Pet Fashionista!
Ah, esses acessórios são tanto para  cães quanto para gatos, mas sabem como são os felinos, né… Poucos deles aceitam um acessório além de um colar!
E para quem é Cat Lover de plantão, também tem esses arranhadores/espreguiçadeiras super charmosos! O recamier está um luxo, né! Imagino só a alegria dos felinos ao se deparar com um presentinho desses!
Eu amei demais esses acessórios! E vocês, meninas, gostam de caprichar nos acessórios dos seus pets ou que eles retornem do Pet Shop super arrumadinhos?

Camisetas de rock para os cães

Gente, olhem só que coisa mais fofinha!!! Em tempos de festivais de música, Rock in Rio,  etc, que tal enfeitar o seu cachorrinho com uma camisetinha dessas? Não é muito mimoso?? Amei! 





Acessórios charmosos para pets

Vocês conhecem a marca inglesa Mungo & Maud de acessórios elegantes e cool para pets? A marca já é um must have para os cachorrinhos e gatos de donos fashionistas no Reino Unido. O design minimalista é moderno e chique, bem diferente do que estamos acostumados a ver por aí. Confiram só alguns dos produtos à venda na loja.
Acima a foto de Yasmin Le Bon, top model britânica, queridinha entre estilistas como Azzedine Alaïa, Karl Lagerfeld e Versace. Ela se uniu à marca Mungo & Maud para criar uma edição limitada de acessórios e coleiras para cães! Legal, né?
Materiais naturais como algodão, lã, couro e linho são usados com muito estilo, vejam nas imagens.